Buscar
  • Giovanna Segismundo

Dia 18 de setembro - World Water Monitoring Day

Atualizado: há 12 horas

Em 18 de setembro foi comemorado o dia internacional do monitoramento da água. A data foi criada em 2003 pela American’s Clean Water Foundation (https://cleanwaterfoundationwa.org/contact_us.shtml), com referência a celebrar o US Clean Water Act, importante marco na politica pública americana de preservação dos recursos hídricos.

O objetivo da celebração é sensibilizar e envolver as pessoas de todo o mundo na proteção dos recursos hídricos a partir do monitoramento de corpos d'água superficiais, em especial os mananciais que servem como fonte de água para as cidades.


Atualmente, o monitoramento de recursos hídricos pode ser realizado de diferentes formas, como: análises laboratoriais por amostragens e monitoramento a partir de análises in loco, sendo essas pontuais, através de equipamentos portáteis, ou de forma contínua, com instalação de equipamentos para obtenção de dados em tempo real (on-line).


A MORTARA ENGENHARIA tem o compromisso de apresentar serviços que contribuam para o desenvolvimento sustentável, e, considerando a importância dessa data comemorativa, apresentamos mais um novo serviço da nossa empresa: o Monitoramento em tempo real de água e energia.


O Monitoramento de água e energia consiste em realizar o projeto do sistema como um todo e a instalação dos sensores em campo, do sistema de telemetria e do software supervisório. Através desse sistema, que permite analisar dados de consumo e aspectos de qualidade da água e da energia, é possível desenvolver relatórios periódicos e buscar alternativas para diminuir o consumo de água e energia, avaliar a eficiência de sistemas de tratamento, monitorar a qualidade da água e da energia utilizada, entre outros.


A imagem a seguir apresenta um exemplo de como será a visualização dos dados obtidos em tempo real, com georreferenciamento e com o envio de alertas em caso de anomalias.





Os sistemas de monitoramento em tempo real possibilitam ganhos de desempenho, prevenção contra falhas e a rápida detecção de problemas. Entre os ganhos reais que esses sistemas fornecem, alguns merecem destaque, como:


1. Imediata detecção de falta de energia, essencial para evitar prejuízos em ambientes climatizados como geladeiras e freezers, para tomada de ação e acionamento de fontes alternativas de energia, para bloqueio de elevadores e equipamentos eletromecânicos,

2. Detecção de vazamentos e controle de perdas reais e aparentes através da verificação de consumo noturno ou inadequado em setores ou equipamentos, variação de pressão nas redes de distribuição, alterações em padrões operacionais, entre outros, permitindo reduzir o desperdício de água e de insumos, reduzir custos e aumentar a eficiência e rentabilidade de negócios e atividades.

3. Falhas ou deterioração de equipamentos eletromecânicos, como bombas, caldeiras, linhas de produção na indústria, entre outros, permitindo a execução de rotinas de manutenção preventiva e corretiva de forma ágil e imediata, reduzindo tempos de parada e perdas de faturamento, entre outros potenciais prejuízos.

4. Tomada de decisão em função de alterações na qualidade da água, como mudanças de procedimentos em estações de tratamento de água e efluentes, fechamento de canais ou tubulações, criação de alarmes e avisos para acionamento de procedimentos de manutenção, identificação de poluição e aplicação de multas ou início de campanhas de identificação das causas, entre outros, que permitem evitar a utilização de água inadequadas ao uso pretendido e responsabilizar agentes poluidores.


Conheça mais sobre esse serviço da MORTARA ENGENHARIA acessando https://www.mortaraengenharia.com.br/servicos.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Crise hídrica e a ameaça no fornecimento de energia

Crise hídrica é como tem sido chamada a falta de água para abastecimento humano em locais que normalmente não sofrem com a escassez e dispõem de grandes reservatórios e boa quantidade anual de chuvas,